HIS17 Já emitiu sua credencial gratuita para o HIS '17? Já são +1.600 profissionais! Clique aqui

Escolas paulistas recebem kit com informações sobre câncer

Publicidade

Especialistas do Hospital do Câncer, de São Paulo, montaram um kit com informações sobre prevenção, diagnóstico precoce e dúvidas sobre a doença. O material será distribuído gratuitamente às escolas públicas e particulares do Estado e estará disponível a toda população via Internet, informa a Agência Fapesp. O lançamento do kit multimídia Educação em Câncer, com informações claras e didáticas sobre a doença apresentadas em vídeos e manuais impressos, será lançado hoje na sede da Fundação de Apoio à Pesquisa de São Paulo (Fapesp). A iniciativa é resultado do projeto de difusão científica do Centro Antonio Prudente de Pesquisa e Tratamento do Câncer, um dos dez Centros de Pesquisa Inovação e Difusão (Cepids) criados pela instituição, em 2000. O objetivo é transmitir para a sociedade o conhecimento que a pesquisa científica produz sobre a doença.
O kit será distribuído a educadores de escolas públicas e privadas paulistas para que as informações adquiridas pelos professores sejam transmitidas a alunos, que poderão repassá-las a seus familiares e à sua comunidade. O material traz, em linguagem acessível, informações sobre fatores de risco, sintomas, prevenção, esclarece dúvidas freqüentes, aborda os tipos da doença, formas de tratamento e aponta os grupos sociais e faixas etárias mais propensos a diferentes tipos de tumores. A ação visa a mudar o perfil da doença no País – marcado pela falta de prevenção e diagnóstico tardio – quase sempre relacionados à falta de informação.
Hoje, mais de 70% dos tipos de câncer podem ser prevenidos, o que reforça a importância do acesso à informação ainda na escola. No Hospital do Câncer, duas em cada três pessoas (66%) são curadas. Entre as crianças, o índice é de 73%, ou seja, três em cada quatro ficam livres dos tumores. Quando o diagnóstico é precoce, a cura alcança 90%. Apesar dos números, a prevenção continua sendo o melhor remédio, sobretudo porque cerca de 70% dos casos de câncer são causados pela exposição indevida a fatores de risco que poderiam ser facilmente evitados, sobretudo entre crianças e adolescentes. Para se ter uma idéia, o cigarro é responsável por cerca de 35% de todos os tumores, o álcool 15%, a exposição indevida ao sol 10% e bactérias ou vírus (como o HPV) 10%.
Todo o material pode ser reproduzido a partir dos sites do Hospital do Câncer(www.ecancer.org.br) e do projeto Saúde Brasil(www.saudebrasilnet.com.br). Para ampliar os resultados, o hospital preparou um curso de capacitação de agentes multiplicadores. Usuários do kit também contam com um centro de apoio no site do hospital para esclarecer dúvidas.

       
Publicidade

Deixe uma resposta