Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Entidades organizam Dia Nacional de Protesto

Publicidade

Na próxima quarta-feira, 21 de novembro, médicos de todo o Brasil se mobilizarão em suas clínicas, hospitais e serviços de saúde, seguindo em caravana para as Assembléias Legislativas, Câmaras Municipais, secretarias da saúde e sedes dos executivos, a fim de promover discussões em escolas e universidades sobre as condições de trabalho, distribuir panfletos, falar com as pessoas e outras atividades reivindicatórias da classe. O lema da mobilização é “medicina brasileira exige respeito.”
A data marca o Dia Nacional de Protesto, organizado pela Associação Médica Brasileira (AMB), o Conselho Federal de Medicina (CFM), a Federação Nacional dos Médicos (FENAM) e as entidades médicas estaduais.  O dia irá marcar a defesa de melhores condições de trabalho, melhor remuneração e uma saúde pública eficiente. Na oportunidade, os médicos de todo o Brasil entrarão em estado de alerta e lideranças médicas anunciarão na sede da AMB, em São Paulo, um calendário de atividades que culminará em uma paralisação nacional.
Entre as principais reivindicações está o reajuste da tabela do SUS, melhor remuneração e condições de trabalho. Também entram em pauta assunto como: tornar o serviço público eficiente na área da saúde; melhor atendimento à população; reajuste de 100% do montante destinado aos honorários médicos do SUS; remuneração do piso de R$ 6.963,52 para 20 horas de trabalho e carreira de Estado e implantação de plano de cargos e salários para os médicos no SUS.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta