Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Entidades médicas darão prioridade para educação continuada

Publicidade

As diretorias da Associação Médica Brasileira e do Conselho Federal de Medicina decidiram patrocinar um programa de educação médica continuada à distância e gratuito para todos os profissionais que possuem Título de Especialista ou Certificado de Área de Atuação. A idéia é que as 53 Sociedades de Especialidade elaborem 60 módulos de conteúdo atualizado, valendo 2 pontos cada após a avaliação de questionários. Dessa forma, ao final de cinco anos, seriam proporcionados 120 pontos, 20 a mais do que o mínimo para a concessão do Certificado de Atualização Profissional.
Para a secretária-geral do CFM, Lívia Barros Garção, o princípio fundamental do programa é estendê-lo a todos os médicos que queiram se atualizar. “O objetivo da iniciativa é democratizar o conhecimento, começando pelos especialistas e podendo abranger toda a classe”.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta