Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

EMS se pronuncia sobre os 5 lotes interditados

Publicidade

Sobre a interdição cautelar dos lotes de nº. 157430, 152933, 156383, 156389 e 156390 do medicamento Nociclin, divulgada nesta sexta-feira (30/01/09) pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, a EMS esclarece:
Deixe o seu comentário sobre esta notícia
Tem mais informações sobre o tema? Então, clique aqui
 – O medicamento foi vendido por meio de licitação, cujo contrato exigia a realização de testes em instituto reblado, além dos atestados de controle interno da empresa, antes da entrega do produto. Os testes foram realizados e todos apresentaram resultados satisfatórios, comprovando a qualidade do produto.
 – O Instituto Adolfo Lutz realizou teste em oito lotes do medicamento, sendo que três deles foram plenamente aprovados. O órgão não realizou testes de contraprova previstos pela legislação com os cinco lotes que, segundo a avaliação do instituto, apresentaram resultados insatisfatórios apenas no ensaio de dissolução. Todos os demais ensaios foram considerados satisfatórios.
 – Diante desse procedimento, a EMS solicitou em 30/01/2009 a realização de testes de contraprova do produto, visando o esclarecimento dos fatos e a comprovação da qualidade e segurança do medicamento.
 – A empresa cumprirá todas as determinações do órgão regulador.
 – A empresa mantém um canal de atendimento às usuárias do medicamento pelo telefone 0800-191914, para o esclarecimento de dúvidas e informações, com funcionamento diário de 8h30 às 20h.
 – Os lotes que estão sob interdição cautelar não foram comercializados no varejo, sendo seu único destino o Ministério da Saúde, para distribuição às redes públicas de saúde estaduais.
 – O produto Nociclin é comercializado desde 1967, sem notificação de incidentes. Apenas nos últimos três anos, mais de 60 milhões de cartelas foram distribuídas e utilizadas pela população brasileira com plena segurança.
A EMS, que há 45 anos atua com seriedade e excelência no mercado farmacêutico brasileiro, reafirma seu compromisso com a qualidade e segurança de seus produtos e dedicará todos os esforços para o rápido esclarecimento dos fatos.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta