Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Empresa paulistana começa a desenvolver stent coronariano

Publicidade

O Brasil pode se tornar um fabricante de stents coronarianos. Os testes para iniciar a produção nacional da prótese começaram em março, no Instituto do Coração (Incor). O produto, que desobstrui veias e artérias, foi colocado em um coelho. O stent foi produzido por meio de feixes de laser da empresa Laser Tools. Os testes em humanos devem começar em um ano.
A Laser Tools também vai buscar parceiros para recobrir o produto com fármacos que evitem a proliferação do tecido da cicatriz da parede da artéria, que pode causar nova obstrução do vaso.
Se os resultados forem satisfatórios, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) libera o produto para uso comercial. Hoje, o Brasil realiza 90 mil angioplastias por ano para colocação dos stents e precisa importar os produtos.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta