Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Empreendedorismo em Saúde: Sistema Aravind e seus processos inovadores!

Publicidade

Neste segundo post sobre o Hospital Aravind traremos as inovações no fluxo de trabalho, que permitiram a criação da maior instituição de tratamento da cegueira evitável do mundo!

PACIENTES AMBULATORIAIS

Os pacientes chegam muito antes da abertura do ambulatório às 07 horas, quando passam a se cadastrar na recepção.  O cadastramento informatizado leva menos de um minuto e o paciente segue para o balcão com os prontuários. Três computadores são usados para casos novos e um para casos antigos,sendo recebidos 200 pacientes por hora. Com as fichas geradas por computadores, o prontuário e o paciente são conduzidos até os médicos pelos funcionários. Membros treinados da equipe de paramédicos fazem as verificações preliminares nos pacientes e especialistas treinados em refração realizam testes básicos. Então os pacientes se encontram com os médicos nas estações de exame (geralmente quatro a cinco), quando estes registram seus diagnósticos e recomendações. A classificação final dos casos é  feita por um médico do hospital. Cada equipe examina mil pacientes por dia, seis dias por semana.

Os pacientes que são aconselhados a usar óculos podem ir a uma das óticas localizadas no hospital. Estas lojas, administradas como um centro de custo separado, vendem óculos por menos do que custaria numa ótica externa

PACIENTES CIRÚRGICOS

 

Às 07 horas da manhã, os médicos já estão com seus aventais e máscaras cirúrgicas. Os nomes dos pacientes que serão operados ao longo do dia são afixados em cada centro cirúrgico. A equipe de enfermeiras chega às 06:30 e os pacientes do dia são transferidos para uma ala adjacente aos centros cirúrgicos.  Aqueles que já serão operados recebem anestesia local e seus olhos são lavados e desinfetados. Às 07:15 os pacientes estão em duas mesas cirúrgicas adjacentes. O Hospital Oftalmológico Aravind adotou o sistema de mais de uma mesa em um centro cirúrgico desde o seu início e realiza um rígido controle para evitar infeção hospitalar.

O centro cirúrgico tem quatro mesas cirúrgicas dispostas uma ao lado da outra. Dois médicos operam, cada um em duas mesas adjacentes. Quando a primeira cirurgia acada, o segundo paciente estará pronto para a operação com o microscópio focado no olho que será operado. Logo, que o primeiro paciente sai, o terceiro paciente é colocado na primeira mesa e preparado para a operação.

Geralmente nenhuma cirurgia é feita à tarde. Os centros cirúrgicos são limpos e os instrumentos esterilizados.

ACOMODAÇÕES

 

As alas pagas têm leitos regulares em quartos, mas as alas gratuitas têm esteiras no chão. O uso de esteiras permite otimização do espaço e cerca de 30 pacientes podem ser acomodados em um único quarto.

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

 

O Hospital de Olhos Aravind tem um sistema de tecnologia de informação com dados de todos os pacientes. O sistema gera agendas diárias, levando em consideração a carga naquele dia, as preferências dos pacientes por médicos específicos e o trabalho pendente. Os resumos de registros médicos de pacientes são colocados no sistema, incluindo visitas clínicas passadas. Isso permite que um histórico seja gerado rapidamente para um paciente que retorna.

O sistema de tecnologia permite que a administração seja informada dos índices de complicação durante e após as cirurgias. Cada complicação é rastreada pela equipe cirúrgica que a realizou e as razões são identificadas. Há uma ação corretiva, incluindo o treinamento de quem quer que seja considerado deficiente.

 

–       Programas de Atendimento à Comunidade –

 

Acampamento de Olhos

 

Patrocinado por organizações não governamentais, como o Rotary Club e o Lions, esses acampamentos vão até as cidades ou vilas, onde os pacientes realizam as consultas e os exames no mesmo local. Quando há necessidade, os pacientes são encaminhados para cirurgia, com transporte gratuito. Em 2002, foram organizados 46 acampamentos de olhos, sendo examinadas 11.644 pessoas. Neste grupo havia 3.443 diabéticos. Estes receberam triagem para retinopatia, sendo diagnosticados 533 casos.

 

Triagem dos olhos de crianças em escolas

 

As professoras são treinadas para medir a acuidade visual, identificar sinais de estrabismo  e fazer a triagem das crianças. As crianças identificadas são examinadas por assistentes oftalmológicas e depois por oftalmologistas. Em 2002, 68.528 crianças em 80 escolas passaram pela triagem e 3.075 receberam óculos para corrigir erros de refração.

LAICO

O LAICO ( Instituto Lions de Oftlalmologia Comunitária Aravind) foi fundado pelo Aravind em 1992, com o o apoio do Lions Club e da Fundação SEVA.  Seu objetivo é melhorar o planejamento, a eficiência e a eficácia de hospitais de olhos com uma atenção especial nos países em desenvolvimento. O LAICO contribui com o tratamento da visão através do ensino, treinamento, pesquisa e consultoria. O LAICO fornece cursos de longo prazo em gerenciamento de hospitais, bem como cursos rápidos de desenvolvimento de habilidades na área de alcance à comunidade, marketing social e manutenção de instrumentos.

O LAICO  já trabalhou com 149 hospitais de olhos na Índia, África e Sudeste da Ásia.

 

FORMAÇÃO MÉDICA

 

A maior parte dos médicos começa no Aravind como residente. O Programa de Residência leva a um diploma de mestrado em cirurgia e dura três anos. O HOA aceita cerca de 30 residentes por ano. Além deste programa, existe um programa de bolsas de estudo para quem quer se especializar. Estas bolsas duram 18 meses .

ESTRUTURA DO SISTEMA ARAVIND

 

Fonte: A Riqueza na Base da Pirâmide, C.K. Prahalad, 2005, Ed. Bookman

Todo este método de trabalho consagrou o Sistema Oftalmológico Aravind como uma referência mundial em erradicação da cegueira evitável, com um custo-efetividade incomparável.

O que acharam deste modelo ? É possível aplicar algumas destas lições para o Brasil?

Atenciosamente,

Fernando Cembranelli – Equipe EmpreenderSaúde

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta