Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Einstein instala equipamento de mamografia digital

Publicidade

O Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo, está implantando um sistema de mamografia digital com investimentos de US$ 800 mil. O aparelho de última geração é capaz de detectar lesões com milímetros de diâmetro e também possibilita maior segurança no diagnóstico, com rapidez e conforto, inclusive para pacientes com prótese de silicone. A análise digital propicia obter dados precisos da imagem, além de facilitar a comparação com exames consecutivos, vantagens que não eram possíveis em uma mamografia convencional. “Com a análise gráfica é possível notar pequenas modificações quanto ao tamanho e a densidade de uma lesão, por exemplo. Outra vantagem é o envio on-line das informações do exame, o que facilita a análise por parte do médico”, explica o mastologista João Carlos Sampaio Góes, do Hospital Albert Einstein.
O câncer de mama é a principal causa de morte por câncer entre mulheres. Com base nos dados oficiais, é possível notar um aumento da incidência da doença no Brasil. Em 2003, a estimativa é que sejam registrados 41.190 casos da doença, 15% a mais que os 36.090 casos computados no ano passado. Uma pesquisa global sobre a mulher apontou que apesar de o câncer de mama representar 48% da preocupação das brasileiras com a saúde, a mamografia e o auto-exame são realizados por apenas 25% das mulheres.
“Quando o câncer é diagnosticado e tratado no início, antes de começar infiltração pelo tecido, cerca de 96% dos casos são curados. E em 90% dos casos é a própria mulher quem descobre alterações em sua mama”, explica o Dr. Sampaio Góes.
Após os 50 anos, as mulheres devem ser submetidas a uma mamografia por ano. Publicações recentes apontam para uma redução da mortalidade por câncer de mama da ordem de 23% quando mulheres da faixa etária de 40 a 49 anos são submetidas a exames de mama anuais ou bienais.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta