Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Einstein inaugura centro voltado para acidente vascular cerebral

Publicidade

Agilidade no atendimento, na detecção e na realização de procedimentos é um ponto crucial quando se trata de Acidente Vascular Cerebral (AVC ? também conhecido como derrame). Atento a essa necessidade, o Hospital Israelita Albert Einstein iniciou há seis meses um projeto para remodelar o serviço voltado para essa área. O resultado do trabalho é a inauguração do Centro Integrado de AVC. A proposta do hospital é garantir um padrão diferenciado de atendimento. A iniciativa prevê que ao chegar à instituição, o paciente seja rapidamente atendido, passando por uma triagem. Caso haja suspeita de AVC, é disparado um aviso para que todos os setores responsáveis preparem-se para atender o mais rápido possível esse paciente. ?Implementamos um sistema de comunicação no pronto-atendimento, batizado de ?código AVC?, que ativa toda a cadeia de assistência, dando sinal de que há um caso de AVC entrando no hospital?, explica Ayrton Massaro, coordenador do Programa Einstein de Neurologia. Segundo ele, quando o código AVC é acionado, alerta, por meio de bips, todas as áreas que envolvem a cadeia de atendimento já treinada: neurologista de prontidão (24h), equipes da tomografia, UTI Neurológica, enfermagem focada em AVC e toda a rede, que deve agir rapidamente.
Outra inovação é o estabelecimento da figura da enfermeira case manager. ?Essa profissional tem a função de acompanhar o paciente do momento de sua entrada no hospital até a alta?, conta Massaro. Além disso, a instituição investiu fortemente em treinamento para enfermeiros, técnicos em tomografia, entre outros agentes. ?O objetivo é aumentar a capacitação dos profissionais para agilizar o atendimento e diminuir as seqüelas. Isso porque após a ocorrência do AVC temos três horas para desobstruir a região?, esclarece.
O projeto também envolveu a ampliação do número de leitos destinados ao AVC. ?Possuíamos quatro leitos de UTI dedicados à neurologia e esse número saltou para 12 leitos?, conta. O programa do hospital ainda prevê a atenção à família e a promoção de campanhas de orientação à população para que os primeiros sintomas de AVC sejam reconhecidos rapidamente.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta