Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Dräger Medical terá filial na Argentina

Publicidade

No segundo semestre deste ano, a Dräger Medical inaugurará mais uma filial em Buenos Aires, na Argentina, que irá se somar às operações no Chile, México, Brasil e ao centro regional para clientes na Costa Rica, que são capitaneadas pela matriz, na Alemanha. ?A estratégia é expandir o mercado na América Latina e atingir um crescimento de pelo menos dois dígitos este ano?, afirma o gerente geral da Dräger Medical, Ermano Marchetti Moraes. As unidades também atuam no Uruguai, Paraguai, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela. Em 2005, a empresa aumentou o volume de vendas em 18,1%, totalizando receita de ? 245,9 milhões. No primeiro trimestre de 2006, o volume de vendas aumentou 13,2%, totalizando ? 54,9 milhões.
A empresa aposta em tecnologia wireless para ampliar o mercado de monitores de UTI. ?É uma solução inovadora, porque permite que a conversão das redes de gestão e monitoramento?, diz gerente de Modalidade de TI & Monitoração, Claudia Barbeta. Hoje, as UTIs adotam um monitor para cada leito, ligado via cabo à central de monitoração.
A solução foi desenvolvida em parceria com a Siemens Communications, segmento da multinacional alemã para telecomunicações. ?Além dos access points, oferecemos os telefones, para que os médicos e enfermeiras de UTI possam se comunicar o tempo todo. O médico também pode acessar informações dos monitores por PDA?, explica o gerente nacional de negócios da Siemens Communications, Heitor Gottberg.
A expectativa com o novo produto é grande. ?Os hospitais estão desenvolvendo novas estruturas de rede e a mobilidade é uma tecnologia chave para esta área. Há um grande interesse por wireless, para suportar sistemas como PACS (Picture Archiving Communications System ? Sistema de Comunicação e Armazenamento de Imagens Radiológicas) e RIS (Radiology Information System ? Sistema de Informações Radiológicas)?, analisa Gottberg.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta