Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Diretor do Hospital Regional da Asa Norte deixa o cargo

Publicidade

O diretor do Hospital Regional da Asa Norte (Hran), no Distrito Federal, Adalberto Amorim de Medeiros Júnior, pode ter sido exonerado pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal. A ação ocorreu depois de que um adolescente teve todos os dentes extraídos, sem autorização, por um dentista do hospital. O caso foi assumido pela diretoria do Hran.
O Conselho Regional de Odontologia (CRO) vai investigar o diagnóstico do paciente, uma vez que o dentista acusou que havia comprometimento da arcada dentária com reabsorção óssea e problemas na gengiva do paciente. De acordo com o CRO, a investigação pode demorar até oito meses.
O Ministério Público do Distrito Federal também requisitou os prontuários do hospital para que o caso possa ser averiguado, no entanto, os documentos não foram entregues no prazo estipulado. Um segundo ofício já foi enviado ao Hran.
Procurada, a assessoria de imprensa do hospital desconsidera a causa da saída do executivo e afirma que não houve exoneração. De acordo com o hospital, Medeiros havia solicitado o seu desligamento há tempo e, estava até o momento, esperando a indicação de um novo diretor. “Ele já estava a caminho de deixar a direção por ser aposentado por um outro órgão [Corpo de Bombeiros].”
E ainda, conforme a assessoria, Medeiros entendia que não seria interessante permanecer no cargo devido as altas gratificações que o Corpo de Bombeiros lhe oferecia. O episódio do dentista teria apenas coincidido com a sua saída.
Quem assume o lugar de Medeiros é o médico João Luiz Arantes.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta