Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

DF mantinha esquema de medicamentos superfaturados

Publicidade

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal desviou recursos de hospitais e postos médicos para a compra de medicamentos superfaturados. As informações são do jornal O Globo com dados do Tribunal de Contas da União (TCU).

e receba os destaques em sua caixa de e-mail. 
  
As irregularidades foram encontradas nas gestões do ex-governador José Roberto Arruda e dos governadores interinos Wilson Lima, do PR, e Rogério Rosso, do PMDB.
De acordo com o levantamento realizado pelo TCU de meados de 2008 a julho de 2010, as unidades de saúde do DF estão sem medicamentos, apesar do alto investimento no setor.
Em 2008, o DF recebeu quase 35 milhões de reais para investimentos farmácia, mas gastou quase 160 milhões. Desse valor, cerca de 106 milhões foram descontados da verba federal que deveria ser destinada a atendimentos de média e alta complexidade.
Em 2009, o desvio foi de R$ 139 milhões, de um total de R$ 203 milhões, incluindo o subsídio do governo federal.
 Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/#!/sb_web e fique por dentro das principais notícias de Saúde.
 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta