HIS17 É hora de mudar a saúde! Faça como seus colegas, participe do HIS. Quero participar da mudança

Denúncia leva PF a investigar instituição em Roraima

Publicidade

A Policia Federal investiga um suposto esquema de superfaturamento e desperdícios de remédios que ocorre na Dadimed (Divisão de Administração e Distribuição de Medicamentos) vinculada à Secretaria Estadual de Saúde de Roraima. Policiais federais estiveram em um aterro sanitário em Boa Vista, capital do Estado, para averiguar um lote de medicamentos dentro do prazo de validade que havia sido descartado.
e receba os destaques em sua caixa de e-mail.
A denúncia foi feita por um ex-funcionário da Dadimed. Ele reuniu provas como, documentos, fotografias e vídeos que supostamente comprovam as irregularidades cometidas. Todo o material entregue foi periciado pela Polícia Civil, que constatou a veracidade das evidências.
De acordo com as investigações, o Estado adquiria os remédios com a data de validade próxima ao vencimento e a preços superfaturados, para realizar compras constantes com dispensa de licitação.
Após a maioria ter o prazo de validade expirado, os medicamentos, eram descartados no aterro sanitário. Após a eliminação dos lotes novas compras eram feitas mantendo em funcionamento o esquema e beneficiando servidores e empresas envolvidas.
As investigações também são acompanhadas pela Controladoria Geral da União e pelo Ministério Público Federal.
Durante uma entrevista coletiva, o secretário de saúde Rodolfo Pereira negou que houvesse qualquer tipo  irregularidade na compra e descarte de medicamentos. Pereira avaliou a denúncia como “leviana” e com “motivações políticas”, afirmando que o próprio ex-servidor descartou uma pequena quantidade de medicamentos, dentro do prazo de validade, junto a outros vencidos para comprometer o órgão.
Você tem Twitter? Então, siga https://twitter.com/ e fique por dentro das principais notícias do setor.

       
Publicidade

Deixe uma resposta