Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Dengue tem queda de 92% em São Paulo no 1º trimestre

Publicidade

A Secretaria da Saúde está alcançando um dos seus objetivos e conseguindo conter o avanço da dengue no Estado. Esse é o resultado do mais recente estudo do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE), órgão ligado à pasta. De janeiro a março, foram registrados 999 casos no Estado de São Paulo contra 12.560 no mesmo período do ano passado, representando queda de 92%. Além de atingir menor número de pessoas, a dengue desapareceu de 141 cidades paulistas. Neste primeiro trimestre, 28 cidades apresentaram focos da doença. Em 2003, foram 169 municípios, informa a Agência Imprensa Oficial. A cidade com mais casos até o momento é Potim, no Vale do Paraíba, com 548 ocorrências confirmadas, mas já demonstra redução da doença. Nos últimos dias, nenhum caso foi registrado, contra quatro na semana anterior e 11 entre 14 e 20 de março. São Vicente, na Baixada Santista, com 153 ocorrências e Caraguatatuba no litoral norte com 94 vêm depois de Potim. “A pesquisa mostra que o caminho está correto. Mas a população precisa continuar ajudando no combate à doença. A guerra contra o Aedes aegypti não terminou”, afirma o secretário da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.
Equipes de técnicos da secretaria foram enviadas a Potim, São Vicente e Caraguatatuba com o intuito de reforçar o combate à doença. Estão visitando casas, orientando a população e fazendo aplicação de inseticidas. Desde 23 de março, Dia D Estadual de Combate à Dengue, o personagem Dengue Boy percorre o Estado para ensinar as crianças como exterminar o mosquito Aedes aegypti. A Secretaria da Saúde produziu 10 mil máscaras do Dengue Boy, 30 mil folhetos explicativos, 10 mil bolas temáticas e 10 mil adesivos para serem distribuídos durante a campanha.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta