Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Deficiência auditiva é abordada na TV e no cinema

Publicidade

O uso de fones de ouvido e a crescente poluição sonora nos grandes centros urbanos são alguns dos fatores que contribuem para a maior incidência de problemas auditivos na população, e cada vez mais cedo.

O tema é abordado na novela “Cama de Gato”, da Rede Globo, na qual um adolescente sofre com a implicância de colegas de escola por ter problemas auditivos. No cinema, um dos protagonistas da animação “Up – Altas aventuras” é um senhor de idade que se envolve em uma aventura com um garotinho a bordo de um balão. Em ambos os casos, os personagens são usuários de aparelho auditivo.

“Aproximadamente 15% da população brasileira apresenta algum grau de perda auditiva. Muitos não sabem que apresentam deficiência na audição, que pode ter causas genéticas/naturais, ou pode ser atribuída à exposição a ambientes ruidosos por longos períodos de tempo ou ao uso excessivo de fones de ouvido, como os utilizados nos aparelhos tocadores de mp3”, comenta a fonoaudióloga do Grupo Microsom, Maria do Carmo Branco.

A perda de parte da audição na terceira idade é muito comum, pois o sistema auditivo tem sua função alterada com o processo de envelhecimento, mas pessoas mais jovens também podem desenvolver o problema. As causas são diversas. Em alguns casos, o processo acontece lentamente e de forma progressiva. No início, compromete a audição de sons agudos, podendo ser imperceptível neste estágio. Com a progressão, vem a dificuldade de compreensão.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta