Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Decisão judicial reativa o Instituto de Audiologia

Publicidade

O Instituto de Audiologia de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, deve reativar o tratamento e fornecimento de aparelhos gratuitos aos deficientes auditivos carentes pelo poder público. A ação será possível por meio da decisão judicial liminar obtida pela propositura de uma ação civil pública.
e receba os destaques em sua caixa de e-mail.  
A propositura da ação coletiva ocorreu após a Defensoria Pública receber reclamações pela necessidade de deslocamento, pela demora no agendamento de consultas médicas e pela baixa quantidade de aparelhos auditivos distribuídos mensalmente – reduzido de cerca de 90 para cinco unidades. As atividades do instituto foram interrompidas no antigo Hospital Universitário de Presidente Prudente e, desde então, o atendimento aos portadores de deficiência auditiva passou a ser feito no Hospital das Clínicas de Marília.
A reativação deve acontecer no prazo de 90 dias, instituindo equipe multidisciplinar com seis fonoaudiólogos, dois otorrinolaringologistas, um assistente social, um psicólogo, um pediatra e um neurologista.
Você tem Twitter? Então, siga https://twitter.com/ e fique por dentro das principais notícias do setor. 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta