Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

De volta ao marco zero

Publicidade

A suspeita de que a morte de um cidadão norte-americano no município de Montenegro, no estado do Rio Grande do Sul, teria sido causada pela influenza A (H1N1) – gripe suína – foi descarta ontem (30) pela Secretaria de Saúde do estado. Os resultados dos exames revelam que a causa da morte foi bacteriana.
De acordo com nota divulgada pelo ministério da Saúde, o norte-americano que faleceu no último dia 26 teria chegado no Rio Grande do Sul no dia 21 de junho. Três dias depois, ele foi internado no hospital do município de Montenegro, quando entrou em estado de coma.
A nota informa que exames preliminares já indicavam que a morte teria causas bacterianas e não virais, mas que ainda assim foram realizadas todas as medidas determinadas pelo ministério. Hoje (30), 55 novos casos de gripe suína foram confirmados, totalizando 680 casos no país.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta