HIS17 É hora de mudar a saúde! Faça como seus colegas, participe do HIS. Quero participar da mudança

Cuidados de qualidade e segurança do paciente através da saúde conectada

A tecnologia da informação está transformando a maneira como vivemos e trabalhamos. Esse tipo de ruptura é evidente no setor de saúde, onde a caneta e papel tem sido o principal meio de registro de informações do paciente por décadas. Mas agora, a tecnologia está mudando esse cenário.

Os sistemas de informação de saúde automatizados e interoperáveis vêm para melhorar os cuidados médicos, reduzir os custos, aumentar a eficiência, diminuir os erros e melhorar a satisfação dos pacientes.

E essa conectividade crescente mostra sinais de constante progressão.

O serviço de pesquisa premium da Business Insider, prevê que a quantidade de soluções desenvolvidas para área de saúde irá crescer de cerca de 95 milhões em 2015 para 646 milhões em 2020.

Em suma, mais sistemas conectados e interoperáveis, significa mais dados acessíveis e melhores cuidados de saúde para os pacientes.

A Evolução da Tecnologia na Saúde

Indiscutivelmente, o maior avanço tecnológico nas últimas décadas foi o crescimento dos registros eletrônicos de saúde, ou EHRs da sigla em inglês. Em 2009, apenas 16% dos hospitais dos EUA estavam usando um EHR, mas esse número subiu para aproximadamente 80% em 2013, de acordo com a Becker’s Hospital Review. Anteriormente, os hospitais tinham vários sistemas que lidavam com funções diferentes, mas usando plataformas tecnológicas como que unificam sistemas e tornam possível a saúde conectada, os EHRs passam a atrelar todos os dados em um único sistema.

Sendo assim, através destas plataformas tecnológicas, os pacientes passam a assumir um papel mais ativo em sua própria saúde e bem-estar. Os sistemas permitem que os usuários acessem seus registros médicos, façam download de formulários e se preparem para compromissos e consultas.

Reconhecer os benefícios de investir na tecnologia de cuidados de saúde e a importância de transformar a visão da saúde conectada já uma realidade.

Exemplo disso é uso de soluções como o TrakCare® no Sultan Qaboos University Hospital (SQUH) em Omã, que tem levado a resultados mensuráveis e significativos em áreas-chave como a segurança do paciente e a qualidade geral dos cuidados. Por exemplo: o número de resultados de radiologia não relatados diminuiu 66% nos últimos dois anos. O número de pacientes tratados sem acesso a dados sobre sua história anterior caiu de 38% para 9% nos últimos cinco anos. Em 91% dos casos, o médico agora tem acesso ao histórico médico anterior do paciente, o que ajuda a melhorar a tomada de decisões clínicas, a qualidade geral dos cuidados e a relação médico-paciente.

O TrakCare® fornece recursos abrangentes de gerenciamento de medicamentos totalmente integrados, incluindo gerenciamento de formulários, prescrição, suporte à decisão, dispensação e administração de medicamentos. Após a implementação dessas capacidades, o número de prescrições de medicamentos rejeitados caiu 83% em relação ao ano anterior, apesar do volume de prescrições emitidas dobrar durante o mesmo período. A informação sobre os medicamentos está totalmente integrada nos fluxos de trabalho do sistema, pelo qual questões como a sobredosagem, a interação entre fármacos e a duplicação de fármacos são agora minimizadas, com alertas do sistema que levam o médico a modificar a receita enquanto realiza a consulta com o paciente.

Resultados positivos são alcançados, como segurança do paciente e disponibilidade de registros de pacientes. A implementação dos recursos de entrada de pedidos de médicos automatizados, a documentação online de médicos e a integração de informações de banco de dados em fluxos de trabalho oferecem orientação clínica baseada em evidências para os médicos e leva a melhorias significativas na qualidade e segurança do atendimento.

É a tecnologia transformando a saúde cada vez mais conectada.

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta