💼 HIS17 Ministro da Saúde, Ricardo Barros, confirma presença no encerramento. Emita sua credencial gratuita

Crise em Pernambuco: Justiça determina que médicos devem voltar ao trabalho

Publicidade

A 6ª Vara da Fazenda Pública de Pernambuco decretou que os 28 médicos que entregaram pedidos de demissão no Hospital Otávio de Freitas (HOF) e no Hospital da Restauração (HR), em Recife, devem voltar ao trabalho. A decisão do juiz José Henrique Coelho Dias da Silva, determina que eles trabalhem normalmente até que os pedidos de exoneração sejam liberados. No último final de semana, 100 médicos pediram demissão em massa por más condições de trabalho e falta de reajuste salarial.
O decreto determina ainda que o não cumprimento da decisão acarretará um multa diária de R$ 1 mil. A ação foi movida pelo governo do estado, que decidiu endurecer as negociações com os médicos.
Segundo o Conselho Regional de Medicina (Cremepe), o Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) e a Associação Médica de Pernambuco(AMP), a categoria pretende entrar na justiça contra o governo.

       
Publicidade

Deixe uma resposta