Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Crescimento de 231%

Publicidade

O número de ações contra médicos no ano passado foram de 398, segundo dados do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Um aumento de 231% desde 2002. Já o número de cassações de médicos no Brasil não acompanhou esse crescimento. Segundo dados do Conselho Federal de Medicina (CFM), nos últimos três anos 68% das 28 cassações foram abrandadas para penas que acabaram permitindo que os médicos continuassem a exercer sua profissão normalmente. E na maioria dos casos, os médicos não ficaram fora do consultório ou do hospital mais do que 30 dias. No Estado de São Paulo, onde um terço dos médicos brasileiros exerce a profissão, foram cassados dois profissionais nos últimos três anos.
A falta de qualidade na formação médica é um dos argumentos apontados quando o assunto é erro médico. Por essa razão, o Conselho Regional de Medicina (CRM) do Estado de São Paulo criou um exame opcional para testar, nos moldes do que é feito com os formandos em Direito, os recém formados em Medicina. No primeiro ano da prova, em 2005, 31% foram reprovados, e em 2008 foram 61%. Embora existam planos de levar o teste para outros estados, parte dos especialistas no assunto afirma que o teste não seria capaz de melhorar a qualidade do ensino de Medicina no Brasil.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta