Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Cremesp divulga dados sobre exame, escolas médicas e denúncias

Publicidade

Cerca de 1,1 mil estudantes do último ano de Medicina e recém-formados participarão da primeira avaliação do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp). O objetivo do Cremesp é avaliar a qualidade de ensino nas instituições paulistas. Além dos três novos cursos abertos em 2004 (Universidade Cidade de São Paulo ? Unicid, Centro Universitário Nove de Julho ? Uninove e Universidade Camilo Castelo Branco), este ano já foi autorizada a abertura de uma nova turma no Centro Universitário de Araraquara e as Universidades Anhembi Morumbi e Universidade Paulista ? Unip receberão pareceres iniciais favoráveis.
O órgão luta contra a liberação de novas autorizações e indica que o índice de médicos por habitantes no Estado, de um para 474, é muito superior que o sugerido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), de um para mil.
De acordo com o Conselho, corre-se o risco de não haver residência médica para todos os recém-formados. Hoje, só há vagas para 80% deles e a perpectiva indica redução para 60%.
O Cremesp também aponta aumento de 130% nas denúncias contra profissionais e aumento de 40% dos médicos em atividade nos últimos 10 anos. Cerca de 15 mil médicos foram denunciados no período.
De acordo com o Cremesp, o volume de denúncias é proporcional à nota que a instituição conquistou no Exame Nacional de Estudantes (Enade).

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta