HIS17 Já emitiu sua credencial gratuita para o HIS '17? Já são +1.800 profissionais! Clique aqui

Cremesp aponta 492 mortes no Estado em dias de ataque

Publicidade

Relatório quantitativo divulgado pelo Conselho Regional de Medicina de São Paulo (Cremesp) nesta segunda-feira, 12, mostra que ocorreram 492 mortes por arma de fogo no Estado durante os primeiros oito dias de ataques, entre 12 e 19 de maio. É uma média diária de 61 mortes – o triplo da média em períodos normais. O documento foi uma solicitação formal do Ministério Público Federal, do Ministério Público Estadual e da Defensoria Pública do Estado de São Paulo e contém análise dos laudos necroscópicos emitidos pelas 23 equipes médico-legais (IMLs) do Estado de São Paulo.
As informações são pautadas na descrição médico-legal da natureza das lesões que geraram o óbito (ferimentos por arma de fogo). Os laudos não estão relacionados exclusivamente às supostas vítimas de confrontos entre policiais e civis, uma vez que estas informações.
No relatório do Cremesp, há a data da ocorrência, o município do Estado onde ela ocorreu e a região de registro do óbito, além dos nomes das vítimas.

       
Publicidade

Deixe uma resposta