Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Corte em gastos ameaça fechar Hospital Geral Universitário

Publicidade

Devido a ociosidade de alguns serviços, que chega a 50% em setores específicos, o Hospital Geral Universitário (HGU), no Mato Grosso, ameaça encerrar suas atividades. A instituição arrecada apenas R$ 3 milhões dos R$ 5 milhões mensais necessários para mater-se ativa. Outro caso no Estado é o Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM). Dados provenientes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde da Assembleia Legislativa informam que, desde 2008, 117 pessoas morreram aguardando por atendimento.
A falta de orçamento é um dos motivos para a baixa expressiva em serviços. Recentemente, o diretor geral do HGU, Vander Fernandes, explicou que até setembro do ano passado a prefeitura da cidade exigiu uma redução de atendimentos para não atingir o teto orçamentário sugerido, o que diminuiu entre 40 e 50% dos atendimentos. Isso representa uma diminuição de 40 para 20 as cirurgias cardiológicas mensais. Na ortopedia, das 60 são realizadas apenas 20 – cerca de 1,5 mil pessoas aguardam na fila de espera do Estado. Na área de neurologia, o número de atendimentos caiu de 45 para 20, e na de oftalmologia, de 100 são feitas entre 30 e 40.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.
 
 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta