Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Convênio facilita exames de DNA

Publicidade

A partir de abril, um número maior de crianças alagoanas poderá ter assegurado o direito à paternidade. Graças a um convênio entre o Tribunal de Justiça (TJ/AL) e o Laboratório de DNA da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), um novo método de coleta de material para exame de reconhecimento de paternidade passa a ser utilizado nos processos encaminhados por meio do Núcleo de promoção da Paternidade, criado pelo Poder Judiciário estadual.
Deixe o seu comentário sobre esta notícia
Tem mais informações sobre o tema? Então, clique
“Com a rotina do teste usando células da mucosa bucal, os processos ganharão agilidade”, disse o coordenador do Laboratório de DNA, professor Luiz Antônio Ferreira. É que a coleta do material será bem mais fácil e feita pelos próprios funcionários do núcleo, que serão previamente treinados para esse fim.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta