Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Conta dos hospitais americanos em 2004 foi de US$ 790 bilhões

Publicidade

Um estudo da agência Healthcare Cost and Utilization Project (Projeto de Custo e Utilização de Serviços de Saúde) apontou que, em 2004, a conta dos hospitais nos Estados Unidos somou US$ 790 bilhões. Deste total, mais de 60% foi pago pelos programas governamentais Medicare e Medicaid, e um quinto dos custos foi relativo ao tratamento de aterosclerose, gravidez e parto, recém-nascidos, infarto agudo do miocárdio e entupimento de artérias.
As diárias para tratamento de doenças coronarianas custaram US$ 44 bilhões. Gravidez e parto responderam por US$ 41 bilhões.
No Medicare, programa que atende aos idosos, pneumoria e osteoartrite entraram na lista dos cinco maiores gastos.
No Medicaid, que atende pacientes de baixa renda, as despesas referentes à gravidez, parto e recém-nascidos estiveram entre as duas maiores.
Para os pacientes sem cobertura, tratamentos de traumas cerebrais e derrames foram as contas mais altas.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta