✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Consórcio português investe 82 milhões num hospital em Luanda

Publicidade

Dentre os próximos três ou quatro anos, Luanda, em Angola, terá um hospital privado. A construção implicará um investimento de 82 milhões de euros. O acordo empresarial que marca parceria entre os primeiros ministros português e angolano. O consórcio instituído é composto pela Escom (empresa do Grupo Espírito Santo que durante seis anos administrou três hospitais em Angola), BPI, CGD e Cruz Vermelha, onde terão ainda assento empresários angolanos. A gestão do hospital ficará a cargo da Espírito Santo Saúde.
Tendo em vista as enormes necessidades da população angolana, as áreas prioritárias da instituição será a obstetrícia e a pediatria, com uma forte aposta também em telemedicina. A nova unidade hospitalar contará ainda com médicos dos dois países.

       
Publicidade

Deixe uma resposta