HIS17 Já emitiu sua credencial gratuita para o HIS '17? Já são +1.800 profissionais! Clique aqui

Conheça os vencedores da Hack4Health

Publicidade

Após uma maratona de quatro dias de muita inovação, composta por 75 empreendedores, acompanhados por mentores da Live e da GE, um grupo de cinco grandes talentos para a saúde recebeu o troféu de premiados da Hack4Health, hackathon realizada pela Live Healthcare Media em parceria com a GE Healthcare. Os desafios propostos eram Desospitalização e Redução de custos e aumento de eficiência no setor hospitalar.

Foram quase 200 pré-inscritos, 75 selecionados e 8 jovens premiados – divididos em 2 times. O primeiro colocado, chamado de iCare, é uma plataforma digital de monitoramento do paciente de Homecare. A intenção da equipe é informar a empresa de homecare e as operadoras sobre a evolução do tratamento solicitado pelo corpo clínico, garantindo que o tratamento está sendo executado, nem mais, nem menos.

O segundo colocado é a empresa Oxiot, que criou sensores instalados nos fluxômetros para medição do volume de oxigênio, com hora inicial e hora final de liberação ao paciente. Com foco inicial em homecare, por conta da falta de controle que existe nesses atendimentos. Com isso, eles pretendem dar previsibilidade, diminuindo custos de logística e de reação a problemas que existem.

Os números são sinal de sucesso do evento e representam só o começo de uma trajetória que os envolvidos irão cursar. Os dois times ganhadores receberão um mentoring pela equipe da GE Healthcare e devem trazer bons frutos para a saúde brasileira.

No palco da Health 2.0, o diretor P&D e parcerias estratégicas da América Latina, Eudemberg Silva, entregou os cheques de 6 e 4 mil reais para os dois times premiados e citou o sucesso do evento.

“Ao apoiar o Hack4Health, a GE Healthcare continua na busca por solucionar os problemas da saúde de maneira geral, a fim de contribuir para o desenvolvimento de clínicas, hospitais, bem como de todos os atores do setor”, disse o executivo da GE. 

IMG_0198

O segundo colocado é a empresa Oxiot, que criou sensores instalados nos fluxômetros para medição do volume de oxigênio

 

maratona-hackathon

Maratona Hackathon na sede da Live

       
Publicidade

Deixe uma resposta