Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Congresso de Humanização Hospitalar debate papel do profissional de saúde

Publicidade

Nos dias 5 e 6 de abril, São Paulo sediará o 4º Congresso de Humanização Hospitalar em Ação, que tem por objetivo conscientizar profissionais da saúde para a questão da humanização dos ambientes hospitalares. O evento, que acontece no Centro de Convenções Rebouças, é uma iniciativa da Associação Viva e Deixe Viver, Doutores da Alegria e Projeto Carmim, com a parceria do Hospital das Clínicas da FMUSP. Neste ano, o tema principal do encontro será o ?O respeito ao profissional da saúde para a criação de ambientes hospitalares mais saudáveis?. O programa oficial incluirá 24 palestras, divididas em 4 blocos, com os temas: O Fator Humano, o Fator Ambiental, Comunicação e Visão de Futuro. Cada bloco terá dois painéis com assuntos recorrentes, sendo cada painel formado por três palestras e tempo para debate. Haverá também dois meetings fundamentados em projetos sociais ou de ong?s, desenvolvidos em hospitais. No espaço de convivência, será montada uma feira, apresentando o trabalho de diversas entidades que atuam em hospitais. Nesta edição, o evento abrirá ainda espaço ao público na programação, nos segmentos de Relato de Experiências e Trabalho Científico.
Realizado pelo quarto ano consecutivo, o Congresso já integra o calendário oficial de eventos da cidade de São Paulo. Por tratar de um tema de extrema relevância, vem conquistando o apoio de empresas e instituições, como o Hospital das Clínicas ? centro de referência mundial de diversas especialidades médicas ? que abraçou o evento desde sua terceira edição.
O programa de Humanização Hospitalar em Ação vem, a cada edição, conquistando novos parceiros, que têm contribuído para o desenvolvimento das ações ao longo do ano. Este ano, abraçaram o projeto a CVC Eventos, a Associação Paulista de Medicina (APM), Indicator e ItMídia. São também apoiadores do projeto a Colucci Propaganda, Litokromia e ABRH Nacional, além da auditoria da Galloro&Associados. A edição de 2003 contou com a colaboração de veículos de comunicação como Veja São Paulo, Época, títulos da Editora Símbolo, revista Sentidos, TV Globo São Paulo, MTV, rádio CBS e painéis da Eletromídia, que ofereceram voluntariamente espaço para divulgação.
As inscrições para o 4º Congresso de Humanização Hospitalar em Ação podem ser feitas através do site www.humanizacaohospitalar.com.br. O participante pode montar seu próprio programa, participando de um a quatro painéis. Caso queira participar de um workshop, por uma questão de horário, será possível se inscrever para apenas um painel. No site, estão disponíveis todos os custos, horários e temas dos painéis e workshops.
O telefone para informações é (11) 5055-9314, da HMelillo. Há também o e-mail humanizacao4@eventosmb.com.br.
Programação
O presidente da Comissão de Bioética do HC e da FMUSP, Cláudio Cohen, falará sobre ?O Que é Preciso Mudar na Formação Acadêmica?, no dia 5 de abril, das 9h20 às 9h40. A palestra faz parte do Painel A Atitude do Profissional da Saúde.
José Luiz Gomes Amaral, presidente da Associação Paulista de Medicina, falará no dia 5 de abril, das 14h45 às 15h05, sobre ? O Papel de todos os Profissionais no Processo de Atenção à Saúde?. A palestra está no Painel A Influência da Comunicação nas Relações Profissionais.
?Os investimentos em recursos físicos e humanos pela busca do conhecimento? é o tema de Roberto Padilha, diretor do Instituto de Estudo e Pesquisa (IEP) do Hospital Sírio-Libanês. Ele falará no dia 6 de abril, das 9h40 às 10h, dentro do Painel O Que Vai Além da Estrutura Hospitalar.
Roberto Quiroga Mosquera, professor de Direito no Curso de Administração para Organizações do Terceiro Setor da Fundação Getulio Vargas de São Paulo, falará no dia 6, das 17h40 às 18h, sobre ?Ação 3º Setor e a Ética?. O painel é O Futuro da Humanização Hospitalar.
Os participantes de um dos dois meetings poderão também conhecer melhor o trabalho das quatro entidades organizadoras do evento – Associação Viva e Deixe Viver, Doutores da Alegria, Projeto Carmim e Hospital das Clínicas. Os meetings acontecerão no período da manhã (das 9h às 13h). Doutores da Alegria e Hospital das Clínicas serão o tema de uma turma; a outra enfocará a Associação Viva e Deixe Viver e Projeto Carmim. Cada turma terá cerca de 200 participantes. Os inscritos para um dos meetings ainda poderão participar de uma das Vivências, escolhendo entre 12 opções disponíveis, marcadas para o período das 14h30 às 18h30. Nas vivências, cada turma terá 30 integrantes.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta