Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Confira temas prioritários para vigilância sanitária

Publicidade

Quatro temáticas de estudo, abrangendo ao todo 119 linhas de pesquisa. Esse é o conteúdo final da Agenda Nacional de Prioridades de Pesquisa em Vigilância Sanitária (ANPPVISA). O documento apresenta a consolidação dos temas que devem ser priorizados pelos gestores de saúde na realização e fomento de estudos em vigilância sanitária.

“A publicação da Agenda busca consolidar a produção de conhecimento e a busca de respostas aos inúmeros problemas relativos à saúde na atual sociedade. Realizar e fomentar estudos no âmbito de sua competência é uma das atribuições da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), especialmente quando se depara com o progresso científico-tecnológico no setor saúde e com as necessidades de proteção e promoção à saúde da população”, afirmou a Anvisa, em comunicado.
As quatro temáticas de pesquisa que compõem o documento final são: “Políticas, Organização e Gestão do Sistema Nacional de Vigilância Sanitária”, com 33 linhas de pesquisa; “Objetos de Intervenção”, com 69 linhas; “Tecnologias ou Instrumentos de Intervenção”, com quatro linhas e a temática “Visa e Sociedade” com 13 linhas de pesquisa.
Elaboração
Para elaborar a proposta sobre as linhas de pesquisa, a Anvisa baseou-se em seu Plano Estratégico de Pesquisa em Vigilância Sanitária e reuniu, em duas oficinas, pesquisadores e representantes da Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (Abrasco) e da Camara Técnica de Educação e Pesquisa (Catepe) da Agência, além de técnicos do Ministério da Saúde.
A Anvisa informou que após a elaboração da primeira versão, o documento ficou aberto a Consulta Pública durante 30 dias, entre dezembro de 2010 e janeiro de 2011. Neste período, foram recebidas 156 contribuições: duas propostas por Instituições de Ensino, duas de Associação ou entidade do setor regulado, sete de Entidades de Classe, 113 de órgãos ou entidades do Governo e 32 de profissionais de saúde.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/#!/sb_web e fique por dentro das principais notícias de Saúde.
 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta