Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Conferência de Saúde diz não a legalização do aborto

Publicidade

A 13ª Conferência Nacional de Saúde, realizada no último final de semana, foi palco de discussão sobre a legalização do aborto.
Com vistas no em um projeto de lei que debata a descriminalização do aborto e até políticas públicas, o ministério da Saúde lançou uma votação durante o evento sobre a questão.
A proposta de apoio à projetos de legalização do aborto foi votada no plenário ao final do encontro. Mais de três mil pessoas votaram e o consenso foi negativo.
O curioso é que durante o evento sete das dez plenárias prévias tinham deliberado a favor da medida. No entanto, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, delegados da região nordeste e a movimentação dos setores pessoalmente foram fundamentais para a decisão final.
A conferência votou mais de 500 propostas, encaminhadas depois de 4.413 etapas municipais e 27 estaduais. O relatório final será encaminhado ao Ministério da Saúde e ao Conselho Nacional de Saúde para ser usado na formulação de políticas públicas para o setor

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta