Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Compra de Tamiflu não teve irregularidades, conclui CGU

Publicidade

A Controladoria Geral da União (CGU) divulgou resultado de auditoria que realizou nos contratos firmados entre o Ministério da Saúde e a empresa Roche, fabricante do Tamiflu _ antiviral fosfato de oseltamivir.
A conclusão da CGU, após análise de oito processos de aquisição do medicamento, foi de que “tudo ocorreu dentro da normalidade, sem quaisquer irregularidades, seja quanto às quantidades adquiridas, seja quanto ao preço, seja, ainda, quanto ao fornecedor, que, aliás, é o único fabricante mundial”.
Em 2009, o Ministério da Saúde adquiriu medicamentos para tratar 14,5 milhões de pessoas contra a gripe H1N1. Segundo denúncia da Veja, o governo havia distribuído apenas 4,8 milhões de kits aos órgãos estaduais de saúde e que o restante estaria armazenado.
Segundo o Ministério da Saúde, a conclusão da CGU reforça as informações de que a quantidade de medicamentos adquiridos foi definida a partir de critérios exclusivamente técnicos e de que não houve qualquer intermediação na compra.
 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta