Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Comissão do Senado julga dia 26 recurso contra devolução da MP das Filantrópicas

Publicidade

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Marco Maciel (DEM-PE), marcou para quarta-feira (26) a votação do recurso contra a decisão do presidente da Casa, Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN), de devolver a Medida Provisória (MP) 446, que renova automaticamente concessões de entidades filantrópicas, inclusive de algumas investigadas por suspeita de fraude.
Deixe o seu comentário sobre esta notícia
Tem mais informações sobre o tema? Então, clique
A decisão de devolver a MP à Presidência da República foi tomada ontem (19) à noite. Logo em seguida, o líder no governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), apresentou recurso contra a medida.
Na segunda-feira (24), deverá ser escolhido o relator do recurso. “Nós temos de ter a compreensão de que será uma matéria complexa”, disse Maciel. Ele minimizou o mal-estar gerado pela devolução da MP e negou que houvesse uma crise entre Senado e Executivo. “Não empresto a essa questão um peso maior do que se possa imaginar”, afirmou.
O líder do governo na Câmara dos Deputados, Henrique Fontana (PT-RS), onde a MP está tramitando, classificou de “precipitada” a decisão de Garibaldi Alves Filho.
“Ele cometeu um erro bastante grave para quem exerce a função de presidente do Senado. Temos de ter prudência, equilíbrio”, disse Fontana. Para ele, deveria ter havido mais diálogo maior e uma melhora no texto antes da devolução da MP ao Executivo. “Vamos emendar, negociar o texto, e não aprovar a simples retirada”.
Henrique Fontana voltou a defender a medida provisória, afirmando que o governo não quer proteger nenhuma entidade filantrópica. “A maioria delas tem um trabalho qualificado, honesto e importante.”

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta