Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Comissão confirma desvio de recursos da saúde indígena

Publicidade

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle aprovou na última quarta-feira (15) o relatório final da fiscalização de recursos destinados à saúde indígena sob responsabilidade da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e da Fundação Nacional do Índio (Funai). Segundo o relator, deputado Paulo Rocha (PT-PA), foram confirmados desvios de verbas destinadas ao setor. Com a aprovação do texto, a investigação, prevista na Proposta de Fiscalização e Controle 13/07, foi arquivada. As informações são da Agência Câmara.
Conforme Paulo Rocha, a maior parte das irregularidades é resultado de convênios assinados entre os dois órgãos públicos e entidades privadas (como ONGs) “que não têm capacidade para executar os objetos propostos nos referidos acordos”. Rocha afirmou que o Tribunal de Contas da União, o Ministério da Saúde, o Ministério Público Federal (MPF) e outras instituições governamentais já estão adotando as providências necessárias para corrigir os problemas e ressarcir os cofres públicos.
Mudanças na lei

Para evitar esse tipo de desvio no futuro, a comissão sugeriu mudanças na regulamentação dos convênios entre a Administração Pública e as entidades privadas. Segundo o parecer aprovado, as instituições parceiras do Estado deveriam ser selecionadas de acordo com sua “capacidade material, profissional e operacional” e não com a remuneração dos serviços a serem prestados, como ocorre hoje.
Além disso, para o relator, as entidades privadas deveriam ser obrigadas a provar, antes da assinatura do convênio, que já atuam na área a ser conveniada. Atualmente, a lei não exige nenhum tipo de prova nesse sentido.
As alterações foram recomendadas às comissões de Finanças e Tributação; e de Trabalho, de Administração e Serviço Público. Caso os colegiados concordem com as medidas, eles deverão apresentar projeto de lei para modificar a Lei de Licitações.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/#!/sb_web e fique por dentro das principais notícias de Saúde.
 
 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta