Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

CHOCOLATES NA PÁSCOA: FUJA SE FOR CAPAZ

Publicidade

É difícil encontrar quem não goste de chocolate, principalmente na Páscoa, quando o consumo de chocolates aumenta ainda mais. Segundo recente pesquisa do IBOPE Mídia (2009), as mulheres representam 55% do total de consumidores. Então, como fugir à tentação, se o Brasil é o segundo País no ranking mundial dos produtores de ovos de Páscoa, perdendo apenas para a Inglaterra? Segundo médicos especialistas há maneiras de se fazer um consumo consciente da guloseima.

“O chocolate amargo é o mais indicado, pois essa versão não contém leite e tem maior quantidade de cacau que os outros. Além disso, possui flavanóides, substância também encontrada no vinho tinto e que é considerada um protetor cardíaco, ajudando na redução de eventos cardiovasculares como infarto e AVC”, conta a Dra. Glaucia Duarte, endocrinologista do Hospital das Clínicas e membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.

Para Paula Guimarães, Diretora de Área da Curves, a melhor forma de aproveitar a Páscoa e outras datas festivas sem restrições é investir na conscientização ao longo do ano. “É preciso fazer um trabalho preventivo de exercícios físicos, aliado a uma boa alimentação e hábitos saudáveis. Depois disso, é só curtir essas datas especiais sem restrições”, completa a executiva. Na Curves – Academia para Mulheres são realizadas avaliações mensais que atestam o resultado da atividade física, como a redução do peso e tonificação muscular.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta