🚀 HIS 17 Última chance: Mais de 5.000 inscritos! E você? Já emitiu sua credencial gratuita Clique aqui

CFM quer facilitar parto normal

Publicidade

O médico deve informar a disponibilidade de executar o parto no primeiro atendimento da paciente gestante no pré-natal. É o que concluiu a sessão plenária do Conselho Federal de Medicina (CFM), que aprovou parecer sobre o assunto. “Não é possível que esta informação só seja dada no pré-natal em curso, quando já se estabeleceu uma relação de confiança”, defendeu o conselheiro pelo Pará, Antônio Gonçalves Pinheiro.
Em parecer-consulta, a Associação de Ginecologia e Obstetrícia do Paraná (Sogipa) questionava se a paciente poderia solicitar a disponibilidade do médico, que atendeu o pré-natal, no parto sob cobertura de um plano de saúde. A plenária do Conselho entendeu que os pacientes, ao adquirirem convênios, devem ser claramente informados de que partos poderão ser feitos por plantonistas. A entidade esclareceu, ainda, que neste caso a disponibilidade é uma opção do profissional.
O parecer foi apreciado na plenária de novembro, sob a relatoria do tesoureiro da entidade, José Hiran da Silva Gallo.
 Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/#!/sb_web e fique por dentro das principais notícias de Saúde.
 

       
Publicidade

Deixe uma resposta