HIS17 É hora de mudar a saúde! Faça como seus colegas, participe do HIS. Quero participar da mudança

CFM discorda da avaliação do governo de Sergipe

Publicidade

O Conselho Federal de Medicina (CFM) critica a avaliação da Secretaria de Estado de Saúde de Sergipe de que médicos e outros profissionais de saúde do estado atuam com valores éticos degradados, com falta de compromisso e com paradigma científico degradado.

e receba os destaques em sua caixa de e-mail.    

Após avaliação, o governador Marcelo Déda Chagas solicitou à presidência do CFM apoio para a implantação de um curso de medicina no campus da Universidade Federal de Sergipe no município de Lagarto.

Porém, para o conselho, o fato é que a maioria desses profissionais atuantes no serviço público do estado exerce a profissão em hospitais públicos desaparelhados e de estrutura administrativa precária, conforme comprovado por fiscalizações realizadas conjuntamente pelo Conselho Regional de Medicina de Sergipe e pelo Ministério Público Estadual.

O CFM informou ainda que “a escassez de médicos no estado de Sergipe, alegada pelo governo estadual, pode ser atribuída, entre outros aspectos, a condições inadequadas de trabalho, baixo padrão técnico resolutivo, precariedade e insegurança nos vínculos trabalhistas e ausência de uma carreira de estado nos moldes da que existe no poder judiciário“.

Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

       
Publicidade

Deixe uma resposta