Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Cerca de 50% das pessoas contaminadas pelo HIV são mulheres

Publicidade

Quase metade dos 40 milhões de pessoas infectadas pelo HIV atualmente são mulheres. A informação consta do relatório anual sobre a situação da população mundial 2005, divulgado hoje (12/10) pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA). Para a UNFPA, a epidemia de HIV/aids “é alimentada pela pobreza, discriminação e violência contra as mulheres”. O relatório revela que três quartos de todos os novos casos de HIV são transmitidos sexualmente entre homens e mulheres, o que indica que, “no centro da epidemia, estão a desigualdade de gênero e o controle dos homens nas tomadas de decisão”.
Segundo informações da Agência Brasil, o documento da ONU assinala que, contrariamente à crença comum de que mulheres casadas estão “seguras”, muitas foram infectadas por seus próprios parceiros: na África Subsaariana, (região do continente africano ao sul do Deserto do Saara) de 60% a 80% de todas as mulheres HIV positivas foram infectadas por seus maridos.
Segundo o relatório, as mulheres jovens correm um risco particular: na África Subsaariana, as mulheres da faixa de 15 a 24 anos de idade representam 76% de todos os jovens que vivem com o HIV. No Caribe, no Oriente Médio e na África Subsaariana, cerca de 70% de todas as pessoas jovens infectadas pelo HIV são mulheres.
Entre as recomendações do relatório para combater a aids está a mobilização de recursos adicionais para a prevenção do HIV ? “a primeira linha de defesa para deter a epidemia” ? bem como o tratamento e assistência oferecidos aos que já foram infectados. Para a ONU, “o combate ao HIV/aids requer o combate à desigualdade de gênero”.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta