Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Centro de Tratamento de Alcoolistas das Obras Sociais Irmã Dulce completa 15 anos

Publicidade

O Centro de Acolhimento e Tratamento de Alcoolistas das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) comemora 15 anos de funcionamento. Fundado no mês de dezembro de 1994, o CATA – único complexo de saúde na Bahia especializado exclusivamente no atendimento gratuito à alcoolistas – surgiu em função do elevado número de pacientes internados em unidades de saúde da OSID com problemas ligados ao alcoolismo, índice que chegava a 60%. Segundo a líder do Centro, Maria Del Carmen, o uso abusivo do álcool, situação que atinge hoje 19% da população brasileira, é encarado pelos profissionais do núcleo como uma patologia de origem bio-psico-social.

Segundo Maria Del Carmem, a busca de etílicos representa uma tentativa de anestesia afetiva e conseqüente afastamento dos princípios e fatos que situam o indivíduo em sua realidade. “Sendo assim, é necessária atenção completa e integral para seu tratamento, por tratar-se de uma doença de instalação insidiosa e de evolução crônica, cujo prognóstico depende de um diagnóstico e de uma intervenção precoce”, avalia.

O CATA é referência no atendimento a pessoas com problemas relacionados ao uso abusivo e à dependência de etílicos. Atualmente, a unidade dispõe de duas formas de atendimento diferenciadas: ambulatorial e a Unidade de Desintoxicação.

“São serviços complementares e correlacionados, que atendem as mais novas exigências da saúde pública atual. A unidade de desintoxicação, por exemplo, possibilita a monitoração mais segura das eventuais complicações decorrentes da supressão física do álcool, além de permitir intervenções da equipe multidisciplinar”, afirma Del Carmen. Além das áreas de atendimento, destaque ainda para o trabalho de assistência multidisciplinar, realizado em parceria com a comunidade, pacientes, familiares e entidades afins.

Entre os principais campos de atuação do CATA, está a realização de palestras em instituições públicas e privadas de Salvador. O objetivo desses encontros externos, segundo a assistente social da unidade, Andréa Lima, é socializar informações sobre a doença, fomentar a prevenção junto à população, além de divulgar os serviços prestados pelo Centro. Os pedidos, conforme explica, costumam se concentrar em períodos que antecedem datas festivas, como Carnaval e São João, ou nas semanas de prevenção contra acidentes de trabalho (SIPAT) promovidas pelas empresas.

“Vale ressaltar ainda que, dependendo da demanda da empresa solicitante, focamos alguns itens com maior ênfase. Nas companhias de transporte, por exemplo, falamos das conseqüências do uso e abuso do álcool nos acidentes de trânsito. Nas escolas, abordamos bastante a relação familiar de dependência e as conseqüências na vida do usuário. Já na área da saúde, focamos na dependência e como preveni-la”, comenta. As instituições interessadas em solicitar palestras e visitas do CATA podem encaminhar o pedido através do fax 3310-1195.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta