Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães ganha laboratório de biossegurança nível 3

Publicidade

O Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães (CPqAM), unidade da Fiocruz em Pernambuco ganhará no fim deste mês um laboratório de Nível de Biossegurança 3 (NB3). Financiada pelo Banco Mundial, a nova unidade de 190 metros quadrados está avaliada em R$ 2,1 milhões, incluindo obras, instalações e equipamentos. No NB3, serão desempenhadas atividades científicas voltadas para peste, hantavírus e tuberculose, servindo de suporte para o Ministério de Saúde (MS). Dentre as responsabilidades do laboratório estão o diagnóstico, produção de imunobiológicos e análise molecular da Yersinia pestis. Em hantavírus, a função será proporcionar diagnóstico, isolamento do vírus e análise molecular. Na área de tuberculose, serão feitos estudos moleculares de Mycobacterium tuberculosis.
Outro investimento do CPqAM é o Laboratório de Virologia que tem previsão de ser entregue ainda em janeiro. Custeado pela Fiocruz (R$ 1,2 milhão), o espaço irá se voltar para ensaios pré-clínicos (testes em animais e in vitro) da vacina de DNA para o vírus do dengue. A unidade poderá servir, inclusive, para experimentos de outras vacinas, como a de hepatite C. No local, haverá uma área de apoio ao diagnóstico e estudo de viroses e outra para desenvolvimento tecnológico.
Além do NB3 e do Laboratório de Virologia, o CPqAM está com um conjunto de 12 obras com previsão de término para o primeiro mês de 2004. Entre elas, destaca-se a construção do depósito de inflamáveis. Também vem sendo executada no Centro a reforma no Bloco D, para instalar no Recife a Estação Barca Pellon, situada em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana, que será desativada. O laboratório está orçado em R$ 450 mil (recursos da Dirac).

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta