Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Central Nacional Unimed aprimora tomada de decisões

Publicidade

A obtenção de informações mais rápidas e precisas, que permitem a tomada de decisões estratégicas, melhor relacionamento com o cliente e planejamento de ações. Este é o objetivo geral da Central Nacional Unimed ao implantar a solução ProSIG, da Proper Informática. “O sistema de Business Intelligence serve para extrair determinadas informações do banco de dados, fazer o cruzamento e formar relatórios gerenciais de acordo com as necessidades corporativas”, explica o Dr. Wagner Morandini, diretor de operações e produtos da Central Nacional Unimed. A organização investiu cerca de R$ 20 mil no produto, além de adquirir equipamentos de infra-estrutura tecnológica que suportem a solução. Segundo Morandini, a solução também tem um custo de manutenção, que prevê a atualização e inclusão de novos módulos. O ProSIG foi implantado na Central Nacional Unimed há cerca de dois meses.
O ProSIG funciona na Unimed sobre o banco de dados Dataflex e o sistema operacional Siamed. “Trata-se de um software com base em Windows, o que significa grande facilidade de manuseio pelo usuário. Uma das vantagens é a flexibilidade, que possibilita alterar dados. Na prática, o resultado é um maior volume de relatórios, com maior rapidez, adequados às necessidades da empresa”, comenta Morandini.
Para o executivo, os relatórios favorecem a tomada de decisões e planejamento de ações. Na Medicina Preventiva, por exemplo, as informações disponíveis na ferramenta auxiliam a definição de campanhas e trabalhos educativos. “Podemos passar informações mais detalhadas a nossos clientes, para que gerenciem seus planos de saúde e acompanhem os contratos, praticando ações pró-ativas”, acrescenta.
Os relatórios gerenciais fornecidos pela solução modernizam um processo antes feito no Excel, manualmente. “Como a informação sai direto do banco de dados e entra automaticamente no sistema, evita o erro humano e o re-trabalho, além de diminuir o tempo em que isso é realizado”, afirma Morandini.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta