Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

CBDL expulsará empresa se houver envolvimento em fraude

Publicidade

Depois da Operação Parasita, deflagrada na madrugada desta quinta-feira, 30,  pela Polícia Civil de São Paulo, que resultou na prisão de cinco pessoas e na expedição de 23 mandados de busca e apreensão, a Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial (CBDL) informou que se houver empresas associadas envolvidas nas fraudes, elas serão punidas e excluídas da entidade. “Temos a premissa de garantir a ordem jurídica e incentivar as boas práticas, por isso, se alguma empresa envolvida compor a CBDL, o casos será levado ao conselho de ética e a companhia será expulsa”, relata o secretário executivo da entidade, Carlos Gouvêa.
Deixe o seu comentário sobre esta notícia
Tem mais informações sobre o tema? Então, clique
Até o momento, a polícia não informou todos os nomes das empresas envolvidas na quadrilha acusada de fraudar licitações de hospitais públicos do Estado e da Prefeitura de São Paulo e de outros 29 municípios do interior, além de instituições no Rio de Janeiro e de Minas Gerais. Entre as empresas estão a Embramed, VidasMed e Biodinâmica e Home Care Medical.
De qualquer forma, Gouvêa aponta que nos bastidores do setor de saúde as fraudes em licitações já fazem parte da realidade. “Sempre existem casos emblemáticos, mas está ficando cada vez mais comum o beneficiamento de companhia que não oferecem produtos de qualidade e muitas vezes mais caros, o que gera um ônus para toda a cadeia”, acredita.
Para o secretário, “chegou a hora do setor ter uma postura mais correta , de transparência, com uma competitividade adequada e com o custo justo”.
Agora, a CBDL está em fase de reavaliação do código de ética. “A idéia é justamente coibir e garantir que o ambiente de negócio seja justo e harmônico”, complementa Gouvêa.
A Associação Brasileira dos Importadores de Equipamentos, Produtos e Suprimentos Médico Hospitalares (Abimed) e a Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios (Abimo) foram procuradas pela redação do Saúde Business Web, mas prefiriram não se pronunciar sobre o assunto, uma vez que os nomes das empresas envolvidas ainda não foram divulgados e diante de uma investigação ainda prematura.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta