Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Carci participa de feira de saúde nos Emirados Árabes

Publicidade

A Carci, fornecedorea de produtos para as áreas de fisioterapia e reabilitação física, participa da maior feira do Oriente Médio, a Arab Health 2004, no Dubai International Exihibition Centre, que acontece entre os dias 18 e 21 de janeiro. O evento contará com a participação de outras 16 empresas brasileiras de diversos nichos do setor de saúde. Com o apoio da Apex e Abimo, a empresa demostrará seus produtos da linha de Hidroterapia, Eletroterapia e Reabilitação Física. É a primeira participação da empresa na feira de Dubai. A Carci conquistou diversas certificações de qualidade, entre elas o selo CE, da Comunidade Européia, que abre as portas para exportação, a certificação ISO 9001/2000 no segmento de produtos para Eletroterapia, e o prêmio TOP HOSPITALAR, da IT Mídia, em três categorias: equipamentos para termoterapia, aparelhos de ondas curtas e aparelhos de fisioterapia.
Único representante no setor de Reabilitação Física e Fisioterapia a levar o nome do Brasil para o mercado árabe, a empresa aproveitará a ocasião para expor o Hotmed, equipamento da linha de Termoterapia, lançado no Brasil em novembro, que utiliza o calor úmido para tratamento terapêutico.
A empresa já participa de outras feiras internacionais como a Médica, que acontece na Alemanha, e a Florida International Medical Expo, em Miami, que resultou em negociações de exportação para alguns países europeus e da América Central e do Sul.
A cidade de Dubai, capital dos Emirados Árabes Unidos, é conhecida como o centro dos investimentos e turismo no Oriente Médio, com uma infra-estrutura moderna, além de ser um dos portos mais movimentados do mundo, servido por uma rede estimada em 100 mil navios, e possuir uma legião de traders – empresas de compra e venda de produtos.
Com a visita do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante a Semana Brasileira de Negócios, Dubai pode vencer a corrida com outros países árabes como Líbano e Síria para se tornar a base de distribuição brasileira e poderá ser a porta de entrada do Brasil no Oriente Médio. Os Emirados Árabes já são o maior importador do Brasil, com a previsão variando entre US$ 700 milhões e US$ 800 milhões somente em 2003. A aproximação do Brasil com o país permitiu a concretização de negócios e abre perspectivas para outras companhias nacionais.
A Arab Health 2004 é a maior feira no segmento de saúde do Oriente Médio, com mais de 1,3 mil expositores de 25 países, incluindo os novos participantes como Singapura, Tailândia, Paquistão, Brasil, Turquia, Holanda e Suíça. Em uma área com oito pavilhões, a feira será 40% maior que a edição de 2003 e espera receber mais de 4 mil visitantes de diversos países, o que reflete o crescimento do setor. O evento apresentará cinco espaços especializados: Farmácia, Odontologia, Produtos para Laboratórios e Biotecnologia, Design de hospitais e interiores, e Serviços Internacionais de Saúde, especialmente focado em eventos para hospitais e clínicas.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta