Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Campanha contra à dengue tem investimento bilionário

Publicidade

A campanha nacional de combate à dengue foi lançada nesta quinta-feira (29) pelo Ministério da Saúde. Faltam dois meses para início do período de maior transmissão da doença e o governo já anunciou a incorporação de R$ 128 milhões ao Teto Financeiro de Vigilância em Saúde (TFVS), que será de R$ 1 bilhão para todo o País. Os recursos investidos serão mantidos com base nos dois últimos anos. E ainda, outros R$ 55 milhões foram aplicados em ações que ajudam a combater à dengue.
O plano lançado pelo ministério inclui 2,7 milhões de unidades de paracetamol, 2 milhões de frascos de soro fisiológico injetável e 562,7 mil envelopes de sais de reidratação oral que serão utilizados em situações epidêmicas. Além disso, serão distribuídos ao longo das ações de controle vetorial 250 mil litros de inseticidas e 3,5 toneladas de larvicidas. Também há 6,5 mil kits de diagnósticos que estão sendo entregues aos profissionais da saúde e as operadoras de planos de médicos.
O Ministério da Saúde quer monitorar todos os casos da doença no Brasil. Com esse foco, será implantado em novembro o projeto-piloto Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN-WEB). A ferramenta possibilitará o acompanhamento on-line dos casos de dengue.
Também neste ano, foram lançadas as Diretrizes Nacionais para Prevenção e Controle de Epidemias de Dengue. A ideia é unificar as ações de vigilância e assistência em saúde para o controle da doença em todo o país.
Vacina eficaz 
O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, afirmou hoje (29) que, enquanto o país não desenvolver uma vacina eficaz para a prevenção da dengue, sempre terá problemas com a doença.
O último balanço parcial do Ministério da Saúde informa que os casos de dengue no país chegam a 406.883 até agosto. De acordo a pasta, houve uma queda de 46,3% em relação ao mesmo período do ano passado.
Cinco estados brasileiros apresentaram um aumento significativo de casos: Acre (de 2.141 para 18.106), Bahia (de 33.541 para 101.676), Espírito Santo (de 33.403 para 50.482), Mato Grosso do Sul (de 4.065 para 12.441) e Mato Grosso (de 10.504 para 35.501).
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta