Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Câmara avalia riscos de botox para tratar paralisia

Publicidade

Os riscos da utilização da toxina botulínica, conhecida como Botox em pacientes com paralisia cerebral será discutida nesta terça-feira pela Comissão de Seguridade Social e Família. O deputado Fernando Gabeira (PT-RJ), que pediu a realização do debate, explica que a toxina botulínica é utilizada no Sistema Único de Saúde (SUS) para inibir contrações musculares involuntárias em pacientes com paralisia cerebral. Segundo o parlamentar, o procedimento “promove o relaxamento muscular, diminuindo as dores e reduzindo a necessidade de intervenções cirúrgicas”.
Participam do debate, Goes Horta, neurologista; Elenita Ferreira de Macedo,
presidente da Associação Brasileira dos Portadores de Distonia;Lucio Coelho David, administrador da Associação de Paralisia Cerebral do Brasil;
Claudia Fonseca Pereira, presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Física e Reabilitação.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta