Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Busca pela excelência deve ser permanente

Publicidade

No livro “Qual é a tua obra?”, Mario Sergio Cortella explica que a atenção as oportunidades é um fator decisivo para que o sucesso não se torne apenas um episódio passageiro e defende a busca permanente pela excelência.

Entretanto, segundo o autor, nesta busca, que ele chama de obra, muitas pessoas não conseguem definir suas reais prioridades. “É comum a confusão entre o essencial e o fundamental. O essencial é aquilo que dá sentido à vida – amor, amizade, fraternidade – e fundamental é o que nos ajuda a chegar ao essencial – trabalho, ciência, técnica, dinheiro”, afirma.

Mario Sergio Cortella participa do 20º Congresso da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo (Fehosp), de 03 a 06 de maio, no Bourbon SPA Resort em Atibaia, e, além de apresentar os principais pontos do livro, abordará como gestão, liderança e ética podem ser aplicados a realidade dos hospitais filantrópicos.

“É necessária a noção de que uma boa gestão gera competência e sustentabilidade econômica. A partir daí, entra a liderança, voltada o tempo todo para que haja uma formação continuada das pessoas, além de capacidade de inovação e renovação. No entanto, tudo isso só tem sentido se houver ética”, explica Cortella.

Segundo o filósofo e professor, os profissionais devem buscar valores ligados à obra, ou seja, a realização. “É preciso construir um ambiente de trabalho prazeroso e não torná-lo um encargo. Se tudo for feito de maneira mecânica, o trabalho perde a qualidade, mas se feito com realização, a qualidade é, sem dúvida, maior”, acrescenta Mario Sergio Cortella.

A palestra acontece no dia 05 de maio às 14 horas.

20º Congresso de Presidentes, Provedores, Diretores e Administradores Hospitalares de Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo

De 3 a 6 de maio de 2011

Bourbon Spa Resort – Atibaia – SP

Sobre Mário Sérgio Cortella

Filósofo, com Mestrado e Doutorado em Educação, é professor – titular da PUC-SP, com docência e pesquisa no Departamento de Fundamentos da Educação e da Pós-Graduação em Educação. Atuou por 32 anos no Departamento de Teologia e Ciências da Religião. Professor-convidado da Fundação Dom Cabral e do Gvpec da FGV-SP. Foi Secretário Municipal de Educação de São Paulo (1991-1992). É autor, entre outras obras, de Não Espere Pelo Epitáfio: Provocações Filosóficas (Vozes), Liderança em Foco, com Eugênio Mussak (Papirus), e Qual é a tua Obra? Inquietações Propositivas sobre Gestão, Liderança e Ética (Vozes)

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta