Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

BRASIL RECEBE 2ª EDIÇÃO DE SIMPÓSIO INTERNACIONAL SOBRE SEGURANÇA EM SAÚDE

Publicidade

Acidentes com pacientes associados à administração incorreta de medicamentos, falhas no processo de medicação, complicações cirúrgicas. Tais situações são consideradas problemas de saúde pública em todo o mundo e hoje a consciência da necessidade de preveni-las é cada vez mais necessária. No dia 1º de julho, a cidade de São Paulo sedia a segunda edição do Safety Symposium, esperado evento internacional que tem como tema central a “Qualidade do Cuidado: segurança do paciente”. Na ocasião, novos conceitos relacionados à segurança do paciente estarão em discussão a partir das 9h, no Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês, São Paulo.

Coordenado pela Aesculap Academia, centro de ensino e treinamento do grupo B. Braun, o evento conta com palestrantes, entre eles renomadas autoridades brasileiras, norte-americanas e europeias. Cristina Pinho, gerente executiva da Aesculap Academia no Brasil e responsável pelo Safety Symposium, destaca que os eventos adversos são hoje um grande problema para estabelecimentos e entidades ligadas à saúde, pois implicam em custos adicionais e prejuízos incalculáveis. “O princípio da segurança é fundamental para o cuidado com o paciente e um componente crítico para a qualidade do gerenciamento no ambiente de saúde. Isso sem falar nos prejuízos morais que comprometem a credibilidade e geram insatisfações do público em geral”, reforça, valorizando a importância de um evento desse porte para os representantes do setor de saúde nacional.

Cristina informa que o evento é composto de três módulos: Segurança em Medicação, Segurança em Cuidados Intensivos e Cirurgia e Segurança em Evidência Científica. “O Safety Symposium quer ser mais do que um simples encontro do setor. Assim como já aconteceu em sua primeira edição, em 2010, e também em suas edições internacionais, temos por objetivo chegar a um entendimento comum e elaborar propostas para reduzir os riscos próprios às rotinas no ambiente de saúde”, destaca a gerente executiva.

Entre os convidados do evento estão profissionais de várias especialidades médicas, administradores de hospitais e home care, operadores de saúde e seguradoras, representantes de órgãos de vigilância sanitária, universidades, associações, entidades de classe e sociedades médicas. O Safety Symposium é um evento fechado para 400 convidados, que podem confirmar sua presença pelo telefone 0800-7013542 ou pelo site www.safetysymposium.com.br. Também no site é possível conferir o nome dos palestrantes e a programação completa.

O evento é apoiado pela Associação Nacional de Hospitais Privados (ANAHP); Associação Paulista de Epidemiologia e Controle de infecções Relacionadas à Saúde (APECIH); Associação em Estudos de Controle de Infecção Hospitalar do Estado do Rio de Janeiro (AECIHERJ); Universidade Federal Fluminense (UFF); Fundação Oswaldo Cruz; Abimed; ABIMO; Riscobiologico.org e SINDIHOSP.

Palestrantes nacionais e internacionais dividem experiências de sucesso

Os especialistas convidados para o evento prometem colaborar para que as discussões sobre segurança na saúde sejam aprofundadas ao máximo. Segundo os organizadores, os nomes foram escolhidos criteriosamente com base em seus históricos profissionais e sua expertise no assunto. Médico e pesquisador mundialmente reconhecido, David Bates fará parte do primeiro ciclo de palestras, Segurança e Medicação, abordando a temática “Redução nos erros de medicação: mais qualidade e segurança no cuidado com a saúde, utilizando a tecnologia da informação”. Além de representante da OMS, Bates é diretor de um dos três Centros de Excelência em Segurança do Paciente e Pesquisa nos EUA, chefe da Divisão de Medicina Geral no Brigham and Women’s Hospital e professor de Medicina na Harvard Medical School.

“Sua contribuição para as pesquisas inclui a autoria e avaliação de mais de 350 publicações em jornais e sua principal especialidade é em relação ao uso da tecnologia para melhorar a segurança e a qualidade do cuidado na saúde. Em vista disso, Bates realizou uma ampla pesquisa sobre segurança em medicamentos, avaliando a incidência e a prevenção das reações adversas nos pacientes”, informa Cristina Pinho, informando que, juntamente com Bates, participará do mesmo módulo o brasileiro Mario Borges Rosa, presidente do Instituto para Práticas Seguras no Uso de Medicamentos (ISPM_Brasil) e representante no Brasil da International Medication Safety Network.

O segundo módulo, Segurança em Cuidados Intensivos e Cirurgia, contará com a participação de Julius Cuong Pham, um dos responsáveis pelo sucesso na implantação da Campanha Checklist do Hospital Johns Hopkins, na cidade de Baltimore, no estado do Michigan (EUA), que, em 18 meses, salvou 1500 vidas e economizou 100 milhões de dólares ao governo daquele Estado. Além disso, Pham participa de uma pesquisa voltada ao processo de recuperação e segurança do paciente em UTI, e iniciativas de melhoria da qualidade por meio de programas de pesquisa em segurança baseados em evidências científicas.

Entre os destaques também está Maria Cecília Martins Brito, diretora da Anvisa, falando sobre o lançamento da campanha Cirurgia Segura Salva Vidas, criada pela Organização Mundial de Saúde e endossada pela instituição brasileira. O trabalho pretende melhorar a segurança do cuidado cirúrgico, possibilitando uma avaliação integral do paciente e contemplando possíveis eventos adversos que possam ocorrer desde a sala de cirurgia até o seu período de recuperação.

Ainda na esfera internacional, este módulo contará com a participação Cyrus Engineer, coordenador e representando dos Estados Unidos para o Programa Segurança do Paciente, da Organização Mundial de Saúde, e gerente do Projeto de Segurança para o Paciente na Universidade Johns Hopkins. Engineer falará sobre a Campanha de Higienização das Mãos, a qual planejou e também foi líder da mobilização norte-americana em prol desta iniciativa. Recentemente passou a compor o Comitê Diretor da OMS para High 5’s Initiatives, ou seja, as cinco pricipais iniciativas para a Segurança do Paciente, de acordo com a instituição.

O terceiro módulo, que abordará a Segurança em Evidência Científica terá entre seus palestrantes Franz Porzsolt, que dividirá sua experiência em ações que otimizam a prática clínica considerando os valores do paciente, as evidências científicas e o ambiente de cuidados com a saúde. Porzsolt é membro do Centro de Medicina Baseada em Evidência de Oxford, no Reino Unido e referência mundial nesta área do conhecimento.

Do Brasil, também participam Evandro Tinoco Mesquita, diretor médico do Hospital Pró-Cardíaco do Rio de Janeiro, diretor científico do Departamento de Insuficiência Cardíaca da Sociedade Brasileira de Cardiologia e cooedenador do Projeto Melhores Práticas Assistenciais da Associação Nacional dos Hospitais privados (ANAHP); Suzana Alves da Silva, coordenadora técnica de Pesquisa e Desenvolvimento do Procep (Centro de Ensino e Pesquisa do Hospital Pró-Cardíaco); e Alexandre Pagnoncelli, coordenador da Câmara Técnica de Medicina Baseada em Evidência da Unimed do Brasil.

Aesculap Academia no Brasil

Reconhecida mundialmente como um centro de ensino e treinamento para profissionais da área médica, a Aesculap Academia é uma iniciativa do Grupo B.Braun e está presente em mais de 42 subsidiárias em países da Europa, Ásia, África e Américas do Norte e do Sul — no Brasil desde o início de 2009. Atua como um fórum de experts e formadores de opinião entre especialistas de saúde e é responsável pela realização de cursos, simpósios e workshops de alta qualidade técnica, credenciados por sociedades médicas e organizações médicas internacionais e coordenados por um conselho científico formado por especialistas de renome em diversas áreas de atuação. Em 2010, mais de 71 mil profissionais já foram formados pela Aesculap Academia em 1.412 cursos presenciais, à distância e webmeetings. No Brasil, iniciou suas atividades em 2009.

Grupo B. Braun

Presente em mais de 50 países, o Grupo B.Braun está no Brasil há mais de 40 anos. A multinacional alemã líder no segmento médico-hospitalar conta com um portfólio de mais de 33 mil produtos, 13 mil deles comercializados no país, além de serviços e programas educacionais voltados à assistência e segurança dos pacientes e profissionais de saúde. Com sede em São Gonçalo (RJ) e mais sete filiais comerciais brasileiras, o laboratório tem cerca de 1.700 colaboradores e atua nas áreas de: terapias de infusão, intensiva e substituição renal; hidratação; reposição volêmica; anestesia regional; nutrição enteral; controle de infecção e incontinência; home-care; além de uma gama de produtos voltados a todos os tipos de cirurgia com linhas específicas para suturas, Oncologia, Ortopedia, Urologia, cirurgias Geral e Vascular, entre outras especialidades.

Serviço
Evento: II Safety Symposium da Aesculap Academia (Grupo B. Braun)
Data: 01/07/11
Horário: das 08h às 18h
Local: Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês (Rua Coronel Nicolau dos Santos, 69, Bela Vista, São Paulo, SP)
Informações: www.safetysimposium.com.br ou e-mail aesculap_academia_br@bbraun.com

Informações para a imprensa:
APPROACH
Heda Wenzel (heda.wenzel@approach.com.br)
Fabiana Guimarães (fabiana.guimaraes@approach.com.br)
Tel.: (21) 3461-4616, ramais 135 e 152
www.approach.com.br

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta