Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Brasil já é o segundo País que mais realiza cirurgias de obesidade

Publicidade

Com mais de 1 milhão de obesos mórbidos (pessoas que estão 40% acima do peso ideal), o Brasil já é o segundo País do mundo que mais realiza cirurgias da obesidade, perdendo apenas para os Estados Unidos. Com cerca de 4 mil procedimentos realizados anualmente, o trabalho desenvolvido no País está em nível de igualdade ao realizado em países da Europa e até mesmo nos EUA. É aqui também onde se encontra a segunda maior entidade desta especialidade, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica (SBCB), com mais de 600 membros associados. A luta dos médicos brasileiros no combate à obesidade mórbida acaba de ser reconhecida mundialmente. Pela primeira vez na história da cirurgia bariátrica um brasileiro assumirá a presidência da International Federation for Surgery of Obesity (IFSO), entidade que congrega todas as sociedades nacionais da especialidade ?cirurgia da obesidade?. Arthur Garrido Jr. acaba de assumir o cargo mais elevado e de maior importância desta área.
Dr. Garrido foi eleito presidente durante o 8º Congresso Internacional de Cirurgia da Obesidade, que aconteceu este mês na Espanha, por escolha e indicação dos cerca de 40 cirurgiões de todo o mundo que compõem o Conselho Executivo da IFSO. O médico dedica-se há mais de 25 anos ao estudo da obesidade mórbida, consagrando-se como um dos mais experientes cirurgiões do Brasil e do mundo, com mais de 4 mil cirurgias realizadas.
O Brasil também é um dos poucos países em que os cirurgiões operam utilizando todas as técnicas existentes (cerca de cinco). Aliás, foi no Brasil que pela primeira vez aplicou-se a ?técnica de escopinário?, por via laparoscópica.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta