Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Brasil desenvolve tecnologia para diagnóstico por calor

Publicidade

O Instituto de Física de São Carlos (IFSC) da USP desenvolveu o protótipo de um aparelho que faz imagens do calor segundo sua intensidade, utilizado para diagnósticos médicos de tumores, lesões por esforço repetitivo e diabetes. A câmara de teletermografia, como é denominada, deve começar a ser testada em hospitais em fevereiro, e poderá ser comercializada por cerca de US$ 12 mil. Atualmente, o Brasil importa o equipamento por US$ 60 mil. As informações são da Agência USP. Segundo o professor Luiz Antonio de Oliveira Nunes, responsável pelo aparelho, o tumor e a inflamação aumentam o metabolismo e o calor da área afetada, o que é detectado pelo equipamento. Quanto ao diabetes, o sistema detecta a redução de circulação sanguínea, pela falta de calor, em membros que podem ser prejudicados.
O equipamento consiste em uma câmara que capta à distância as ondas infravermelhas emitidas pelo corpo. Esses sinais são analisados e transformados em imagem, que se forma na tela do computador conectado ao aparelho. As cores produzidas não são reais, variando conforme a temperatura.
Uma das vantagens desse sistema é que não emite radiação, como os exames de raio-X. A tecnologia também apresenta potencial de uso na indústria, para monitoração de consumo de energia em motores, por exemplo.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta