Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Brasil bate recorde de transplantes no primeiro bimestre do ano

Publicidade

O Brasil alcançou número recorde de transplantes no primeiro bimestre de 2004. De acordo com o ministro da Saúde, Humberto Costa, foram 1.835 procedimentos, representando um aumento de 44,03% em relação ao mesmo período de 2003. Se esta média for mantida, serão 11 mil transplantes até o final do ano, um aumento de 28,86% em comparação a 2003, informa a Agência Brasil.
O transplante de córneas correspondeu a mais de 40% do total de procedimentos realizados. No primeiro bimestre de 2003 foram feitas 532 operações. Neste ano, foram 1006 cirurgias da membrana ocular.
?A captação da córnea é mais fácil. A possibilidade de aproveitá-la até seis horas após a morte do paciente justifica este número. Nem sempre há uma quantidade tão expressiva de doadores para outros órgãos?, explica Costa.
O ministro acrescentou que também foram feitas mudanças no processo de financiamento da coleta de córneas, o que gerou maior interesse dos hospitais em fazer a captação. O governo pretende zerar a fila de espera por córneas até 2006.
Neste mesmo prazo, tem expectativas de reduzir em 12% a demanda por medula óssea, rim, coração, pulmão, pâncreas e fígado.
Houve aumento do número de procedimentos em quase todos os Estados, com exceção do Acre, Amapá, Rondônia, Roraima e Tocantins, que ainda não dispõem de estrutura para realização de transplantes.
?Às vezes, a dificuldade é a ausência de profissional capacitado para a realização do transplante. A formação de profissionais é um dos planos, melhorar a complexidade do sistema de saúde de vários estados brasileiros, principalmente da região norte, é necessário. Até 2006, a minha expectativa é que possamos ter no Brasil inteiro uma estrutura de captação, doação e realização de transplantes?, comentou o ministro.
No Brasil, 58,5 mil pessoas estão na fila de espera por um órgão. Em 2004, o Ministério da Saúde vai liberar R$ 400 milhões para o transplante de órgãos e tecidos.
Além da divulgação dos resultados, Costa apresentou o novo coordenador do Sistema Nacional de Transplantes, Roberto Soares Schlindwein.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta