Semana da Saúde 2017 Semana da Saúde: discuta os principais assuntos de Tecnologia da Informação em 10 Webinars. Reserve seu lugar! Clique aqui

BR HomMed: soluções de RPM e Telemedicina com registro da Anvisa

Publicidade

A BR HomMed avança no ritmo do crescimento tecnológico que vem mudando o cenário da área de saúde. A empresa conquistou importante marco de sua parceria com a multinacional canadense Tactio. A solução de Monitoramento Remoto de Pacientes TactioRPM™ obteve o registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e da agência nacional francesa para medicamentos e segurança de produtos de saúde (ANSM), atendendo às normas e solicitações da CE. Com cinco anos de atuação, a BR HomMed, juntamente com a americana MedWeb, oferece também soluções inovadoras em telemedicina, composta por softwares – já com registro da Anvisa – estações de telemedicina e uma gama de equipamentos médicos (devices) conectados, que permitem atendimentos, eletivos e de urgência, em diversas especialidades de forma remota.

Monitoramento Remoto de Pacientes – RPM

O monitoramento remoto de pacientes – a sigla em inglês é RPM – utiliza dispositivos médicos conectados para coletar remotamente e transmitir dados biométricos de pessoas assistidas a uma central de monitoramento. A plataforma de monitoramento remoto de pacientes em tempo real TactioRPM é uma solução completa, que permite aos pacientes viverem normalmente em casa enquanto têm acesso a um acompanhamento preciso e seguro de sua saúde. Combina aplicativos e dispositivos médicos conectados via bluetooth, que realizam medição confiável de dados biométricos e clínicos de forma ágil. Dessa forma, permite a detecção de problemas de forma precoce, antecipação das ações para evitar agravos, geração de dados clínicos confiáveis para a tomada de decisão pelos profissionais de saúde.

A plataforma TactioRPM™ está integrada a mais de 140 aplicativos e dispositivos médicos conectados e possibilita monitorar pacientes de alto risco de internação, reinternação ou procedimentos cirúrgicos. Além de pacientes com diabetes, hipertensão, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), insuficiência cardíaca congestiva (ICC) e obesidade, e pacientes oncológicos em tratamento domiciliar. Os aplicativos de saúde da Tactio já estão sendo utilizados por mais de 4,5 milhões de pessoas, em 135 países, com resultados clínicos comprovados. Além disso, possui, desde 2015, o registro no FDA, órgão dos Estados Unidos que controla medicamentos e alimentos.

De acordo com recente relatório da empresa de pesquisa de mercado sueca Berg Insight, em 2021 o índice mundial de pacientes monitorados remotamente crescerá de 7,1 milhões, em 2016, para 50,2 milhões. Destes, 22,9 milhões usarão dispositivos móveis próprios. “Doenças crônicas são um grave problema no Brasil, assim como nos Estados Unidos e em outros países. Aqui, afetam 40% dos habitantes – mais de 57 milhões de pessoas – e são responsáveis por 72% do índice de mortalidade. Com o envelhecimento da população, a pressão dessa situação de saúde sobre nossa economia deverá crescer acentuadamente”, afirma Giuliano Sant Anna, Diretor da BR HomMed. “Nossa parceria com a Tactio permite a pacientes e prestadores de serviços se beneficiarem desta solução, agora aprovada pela Anvisa”, ratifica ele.

Estudo recente da Universidade de Coimbra, em Portugal, demonstra que o monitoramento remoto de pacientes é promissor para a saúde pública. Os pesquisadores utilizaram a plataforma TactioRPM para acompanhar pacientes de Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC). Após seis meses, houve redução média de 50% no número de internações hospitalares, 57% nos atendimentos de emergência e 7% nas consultas eletivas.

Credibilidade

“O Registro no Ministério da Saúde (RMS) demonstra um ato legal que reconhece a adequação de um produto à legislação sanitária e a concessão é dada pela Anvisa. Ao receber esta outorga, passamos a comercializar soluções em RPM e telemedicina dentro dos padrões nacionais de melhores práticas”, explica Anna Marton, responsável técnica da BR HomMed. “Oferecer ao mercado brasileiro produtos com RMS significa proporcionar credibilidade, segurança e confiança para pacientes e profissionais de saúde”, conclui.

 

 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta