Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Boiron dobra de tamanho em 2010

Publicidade

No primeiro ano de atuação no mercado brasileiro, o laboratório frânces Boiron dobrou de tamanho e já possui 2 mil pontos de vendas no País.  O rápido crescimento no Brasil, segundo a empresa,  se deve a um dos produtos da empresa indicado para prevenção e tratamento de estados gripais- e um dos dois medicamentos atualmente comercializados no Brasil.

Mas, com produtos nas principais drogarias de São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal desde o início do ano de 2010, além de distribuidores na Bahia, Ceará e Rio Grande do Sul, o laboratório aumentou as vendas e o número de médicos visitados chegar a 4 mil.
Outro medicamento homeopático trazido para o mercado brasileiro é um ansiolítico que em pouco tempo teve boa aceitação médica – principalmente entre os pediatras -, o que favoreceu o ingresso do produto com sucesso nas prateleiras das farmácias e drogarias.
Esse impulso fez ainda o número de funcionários no Brasil dobrar (eram 20 há um ano), reflexo da confiança que a matriz, que fica em Lyon, França, deposita no promissor mercado brasileiro. Outra aposta da empresa, um dos maiores laboratórios da Europa, é na popularização de medicamentos homeopáticos como opção terapêutica procurada por pacientes e prescrita por médicos.
Também está previsto um estudo clínico homeopático para o Brasil. A empresa chegou ao Brasil em 2006, para estruturação e análise de mercado. Os primeiros produtos do laboratório chegaram ao varejo na segunda metade de 2009. Ano passado, os investimentos começaram a dar resultado. O antigripal Oscillococcinum teve um crescimento de quase 300%, e o ansiolítico Sédatif PC um crescimento de 1000% em unidades.
Presente em mais de 80 países, atualmente a Boiron está na Bolsa de Paris e em 2009, faturou 526 milhões de euros, um crescimento 12,7% em relação ao ano anterior.
 Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/#!/sb_web e fique por dentro das principais notícias de Saúde.
 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta